Como as crianças participam das decisões sobre as compras da família no Japão?

Buscamos respostas para esta pergunta no nosso recente estudo com 4.900 crianças de idades entre 6 e 11 anos e 4.100 pais em 30 países, incluindo o Japão. Aqui estão as principais descobertas sobre a influência das crianças japonesas sobre o que suas famílias compram:

As crianças japonesas ajudam menos seus pais com tarefas domésticas do que seus pares globais. Pouco mais da metade dos pais japoneses disseram que seus filhos ajudam em casa (56%), abaixo da média global de 69%. Cerca de 4 em cada 10 pais disseram que seus filhos ajudam a cozinhar, fazer as compras domésticas e limpar a casa (37% Japão, 42% global). Aproximadamente um quinto dos pais japoneses (22%) disseram que seus filhos ajudam a tomar conta dos mais novos, bastante abaixo da média global de 37%.

Nos lares japoneses, a ajuda vem menos de fora de casa. No Japão, 37% dos lares recebem ajuda de membros da família que vivem fora de casa, comparados com uma média de 55% global. Eles também são menos propensos a obter ajuda financeira (19% Japão, 31% global).

As crianças japonesas têm uma grande influência nas compras domésticas. Crianças de 6 a 11 anos no Japão são muito mais propensas do que seus pares globais a dizer que cumprem um papel nas decisões sobre o que comprar para a família (86% Japão, 74% global). E seus pais concordam (84% Japão, 77% global)!

As compras de alimentos / produtos para a casa e entretenimento são onde as crianças japonesas têm a maior influência. Quando perguntados sobre onde as crianças têm mais influência, as principais categorias mencionadas pelos pais japoneses são alimentos e produtos para a casa (90%), entretenimento (88%), eletrônicos (85%), restaurantes (84%) e férias (76%).